O distrito surgiu às margens da ferrovia e é a estação de destino do Trem Caipira. Foto Ellen Lima

O Distrito de Engenheiro Schmitt, localizado a 12 km de Rio Preto e 444 Km de São Paulo, completa 93 anos dia 28 de novembro. Sua gestão pertence ao município de São José do Rio Preto.

Trata-se de um bucólico vilarejo que nasceu às margens da ferrovia e recebeu esse nome em homenagem ao engenheiro Karl Ebenhardt Jacob Schmitt, que comandou a instalação da ferrovia em 1912.

Rodeado de sítios e fazendas o distrito teve sua economia baseada na agricultura e nessa vertente surgiram as primeiras doceiras, na década de 1960. A produção dos doces, que surgiu de forma artesanal, tornou o lugar referência em doces típicos da fazenda. A tradição fez Schmitt ficar conhecida como a capital dos doces.

O povoado tem 18 mil habitantes e se inspira também na fé ligada à história do Padre Mariano, beatificado em 2006. Mariano De La Mata Aparício foi pároco de Schmitt por 11 anos e morreu em 1983. Seu corpo foi enterrado na Paróquia Santo Agostinho, na estação Vergueiro do metrô, em São Paulo (SP), ao lado do Colégio Santo Agostinho. Sob o altar da igreja estão guardados os seus restos mortais. O trajeto de 8 km entre Schmitt e Cedral era a trilha percorrida por ele a pé, para realizar missa no município vizinho. O trecho ficou conhecido como Caminho do Padre Mariano e anualmente recebe centenas de fiéis que caminham para agradecer e pedir bênçãos.

A vocação turística do distrito ainda é incipiente, mas ganhou reforço com o lançamento do Trem Caipira em 2017. O trem faz a rota Rio Preto – Schmitt, em domingos específicos (está desativado por conta da pandemia) e já transportou 2,5 mil pessoas em 26 viagens realizadas até fevereiro de 2020. O passeio é gratuito, mas a lista de espera já está com 2,1 mil pessoas.

Além de passear de trem, visitantes e moradores da região vão a Schmitt para comprar doces. As principais casas de doces são: Doceria Schmitt, Doces Noêmia e Silvana Doces. Considerada a primeira a produzir doces, a Noêmia oferece variedade de produtos e revende também bebidas, embutidos e produtos de decoração e louças. A Doceria Schmitt é também tradicional e oferece queijos de vários tipos, bebidas, biscoitos e castanhas e fica ao lado da Igreja Santa Apolônia, no coração do distrito. Silvana doces é uma fábrica que comercializa doces frescos e queijos, logo na entrada do distrito para quem vem pela rodovia Washington Luiz e conta com 42 anos de tradição. Para comprar doces ou visitar o distrito basta seguir pela rodovia Washington Luiz, as casas de doces ficam abertas todos os dias das 8h às 18 horas.

Para se inscrever para o passeio no Trem Caipira é preciso fazer um cadastro através do e-mail: reservastremcaipira@riopreto.sp.gov.br . Demais informações e a relação de documentos estão no site https://www.riopreto.sp.gov.br/tremcaipira/