José Pascoal Constantini tinha 77 anos. Foto arquivo

José Pascoal Costantini patriarca do Grupo Constantini, uma das marcas mais fortes do polo joalheiro de Rio Preto, faleceu nesta madrugada (12 de junho de 2020), aos 77 anos, em São Paulo – SP, após parada cardíaca causada por uma infecção bacteriana.

O velório e enterro serão realizados no Cemitério Jardim da Paz, em São José do Rio Preto – SP, sendo restritos apenas a familiares, devido à pandemia.

José Pascoal Costantini representa um dos nomes mais importantes e influentes do cenário empresarial de São José do Rio Preto. Foi Presidente do Programa de Desenvolvimento Industrial (PRODEI), Presidente, Vice-presidente e Conselheiro da Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto (Acirp), um dos Fundadores e Presidentes da Associação dos Joalheiros do Estado de São Paulo (AJESP) e Diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), além de Agente Consular da Itália, em São José do Rio Preto.
Atualmente, era Presidente-Fundador do Grupo Costantini, que tem grande expressão no cenário dos estados de São Paulo e Mato Grosso, atuando em seis segmentos: Construção Civil e Venda de Imóveis (UNICOS Construtora e Urbanismo); Seguros (Lloyd Continental Corretora de Seguros); Industrial (Costantini Metais – Joias); Varejo (Costantini Joalheria) e Agronegócios (JPC – Agro).

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, lamentou a morte e decretou luto oficial por três dias, em homenagem ao empresário.