A Famerp vai conduzir os testes na cidade junto com o polo hospital da Funfarme. Foto divulgação

São José do Rio Preto atingiu hoje (10) a marca de 1.042 pessoas infectadas com o Coronavírus.  Um registro de 63 novos casos apenas nas últimas 24 horas. Hoje são 155 pessoas internadas (58 em UTI e 97 em Enfermaria), o que representa ocupação de 49% dos leitos de UTI em Rio Preto. Já a enfermaria com 37% da capacidade total ocupada.

Até o momento 31 pessoas morreram, 620 pessoas já estão recuperadas, 223 contaminados atuam na área da saúde e outras 181 pessoas apresentaram a síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Agora o coeficiente de incidência em Rio Preto é de 226 casos para cada 100 mil habitantes.

O que chama a atenção nos números apresentados nos últimos dias é o crescimento tanto dos casos positivos para coronavírus, como para casos relacionados a internações por problemas relacionados a SRAG.

Somente com os registros da SRAG dos residentes em Rio Preto, 928 no total, 251 deles foram verificados nos últimos 14 dias (27%).

“É um sinal de alarme porque o epicentro da Covid está migrando para o interior. Com essa migração há uma tendência de o número de casos aumentar. É uma preocupação sim. O Estado tem nos ajudado e prometido que poderão ampliar o número de leitos”, afirma o secretário de Saúde Aldenis Borim, responsável por divulgar os dados atualizados desta quarta-feira.

Em relação ao curso obrigatório de EAD para comerciantes e empresários com orientação e informações para fucionamento dos estabelecimentos, 5.636 empresas já se cadastraram até o momento. Foram 3.024 certificados emitidos o que garante o funcionamento regular do comércio.

 Rio Preto: fase 2

O Governador João Doria apresentou nesta quarta-feira a segunda atualização do Plano São Paulo para acompanhamento da evolução da pandemia em todo o estado. A nova fase da quarentena vai vigorar do dia 15 até o dia 28 de junho. A região de Rio Preto, apesar do aumento do número de casos, permanece na fase 2 – laranja.

Nesta fase é permitido o funcionamento do comércio não essencial por quatro horas, a abertura de shoppings centers e galerias, com restrições e o funcionamento de escritórios e serviços, respeitadas todas as regras exigidas pelo comitê gestor.

Os salões de beleza e as academias continuam proibidos na fase 2 (laranja), porém será permitido o atendimento em domicílio respeitando as regras determinadas na deliberação.

Indústria e construção civil continuam com funcionamento normal em todo o estado.

O prefeito Edinho Araújo participou da transmissão ao vivo sobre a atualização dos casos de coroanvírus na cidade e comentou sobre a decisão do governo do Estado de São Paulo. Edinho disse que havia a expectativa de avançar para a fase amarela e com isso flexibilizar novas atividades comerciais, dando mais fôlego para a economia. No entanto, segundo o prefeito, foi verificado maior circulação de pessoas nas ruas nos últimas 10 dias e, com isso, maior circulação do vírus e consequente aumento dos casos positivos.

 “Em Rio Preto não estamos livres de um retrocesso, porque o novo pico da epidemia é o interior neste momento. Nossa luta continua para ser salvar vidas e precisamos muito da colaboração de todos mantendo o isolamento. Evitando aglomerações de qualquer natureza”, cobrou Edinho.

O prefeito destacou que todas as Prefeituras têm lidado com os problemas econômicos por que passa a população devido as restrições do comercio em decorrência do isolamento social. No entanto, afirma que com o apoio da ciência e o trabalho dos profissionais da saúde a crise será superada.

“O vírus começa a ter cara neste momento. Começamos ter notícias de contaminação de um parente, um amigo, um vizinho. Só superaremos a ameaça do coronavírus com o apoio da ciência, do trabalho abnegado dos profissionais de saúde que estão na linha de frente, e com a colaboração de todos. Por favor fiquem em casa”, disse.

De acordo com o Estado, apesar do aumento da capacidade de atendimento hospitalar, os novos índices semanais de avanço do coronavírus aumentaram o alerta em praticamente todo o interior paulista. A nova classificação anunciada nesta quarta entra em vigor a partir da próxima segunda-feira, 15. (informações Secretaria de Comunicação Prefeitura Rio Preto).