O médico Jorge Fares está se recuperando gradativamente da Covid 19. Foto divugação

O Diretor Executivo da Funfarme – Fundação Faculdade Regional de Medicina de São José do Rio Preto – mantenedora do complexo hospitalar Hospital de Base e Hospital da Criança e Maternidade, Jorge Fares, gravou um vídeo nesta sexta-feira (5) alertando para o aumento de mais de 100% no número de pacientes em UTI no HB de Rio Preto.

Segundo ele, a cidade está recebendo pacientes de Votuporanga, deve receber de outros municípios e o número de leitos ocupados cresceu exponencialmente nos últimos 15 dias. “A situação é muito preocupante. Tínhamos 28 pacientes em enfermaria há 15 dias,hoje são 49. Eram 14 em UTI, agora são 32. Os números estão aumentando e vai aumentar muito ainda. Não chegamos ao pico”, destacou Fares.

O médico ressaltou que a população deve fazer sua parte e permanecer em casa, usar máscaras e lavar sempre as mãos quando precisar sair. Ele alerta ainda que o índice de mortalidade é alto. “Cinquenta por cento dos pacientes que vão para a UTI com Covid, não sobrevivem. Comece a se preocupar”, pede. Ele diz aos jovens que se cuidem, pois podem não apresentar sintomas, mas vão transmitir o vírus para os familiares e pessoas com comorbidades.

São José do Rio Preto dispõe, no Hospital de Base, de 117 leitos de UTI e 310 de enfermaria, destinados exclusivamente para casos de Coronavírus. “Se lotar esses leitos, haverão muitas mortes”, calcula Fares.

O alerta se deve à abertura do comércio, que levou centenas de pessoas às ruas nesses últimos dias.  “O HB pode não suportar a grande demanda. Isso nos preocupa”, concluiu.