O novo presidente é Jesus Martim, que mobilizou a maioria em busca de reestruturar o clube.

O Rio Preto Automóvel Clube tem nova diretoria. O novo presidente é Jesus Martim, agrônomo, que tem como vice o advogado Moisés Camargo. A eleição, realizada neste domingo (31) foi acirrada. O grupo que estava no comando, Azul e Branco, presidido por Francisco Musegante, fez campanha para se manter, mas foi superado pela chapa de Martim, União Aceana, que venceu por 185 a 105 votos, com 65% da preferência dos associados.

O clube  completa 100 anos em 2020. Ícone de uma geração, já foi referência em esportes e lazer na década de 80 quando chegou a ter 6 mil frequentadores.

A nova gestão eleita neste domingo terá como desafio, além de resolver a situação financeira do clube, atrair novos sócios, se modernizar e recuperar a estrutura física da sede social e de campo e fazer com que o Automóvel Clube se mantenha como um centro de lazer e ponto de encontro para grupos de todas as vertentes da sociedade rio-pretense.

O novo grupo terá como presidente do Conselho Deliberativo o advogado Jordão Reis Neto e vice o empresário Paulo Bergamaschi. O mandato é de 2 anos.