chá traz bolinhas mastigáveis e coloridas, recheadas com néctar de frutas. Foto Ricardo Boni

Uma nova maneira de consumir chá acaba de chegar ao Riopreto Shopping.  A BubbleKill, empresa pioneira na América Latina no seguimento de bubble tea.  Muito popular na Ásia e nos Estados Unidos, o bubble tea, conhecido também como chá perolado, foi criado em Taiwan, na década de 1980. A bebida a base de chá traz bolinhas mastigáveis e coloridas, recheadas com néctar de frutas que explodem pelo contato com o calor da boca.

Criada em 2017, a BubbleKill que atrai pelo visual colorido e alegre, provocando a curiosidade e indicando a intensidade no sabor, já é sucesso no Brasil. A rede inaugurou, em menos de dois anos, mais 70 pontos pelo país, de Santa Catarina a Fortaleza. A cidade de São Paulo, onde está a primeira loja da BubbleKill, detém mais da metade dos estabelecimentos, sendo 29 quiosques e onze lojas espalhadas por ruas e shoppings.

Em Rio Preto, foi inaugurada a 71ª loja da franquia, no Riopreto Shopping. Segundo Fernando Paes, responsável pela franquia na cidade, a vinda a Rio Preto seu deu graças à alta temperatura da cidade e a grande recepção da população em experimentar novidades: “A ideia de estabelecer uma unidade em Rio Preto está relacionada a três características que, pra nós, são pilares: um público que gosta de novidades e que tem contato com este produto que é muito popular na capital e fora do Brasil; A temperatura média da cidade que favorece a venda da bebida sem sazonalidade; E através da pesquisa de mercado, que apresentou diversos pedidos de clientes que já consumiram nossos produtos em outras cidades e estados”.

Com o proposito de oferecer uma experiência diferente para a ingestão desta bebida consumida a milhares de anos, a BubbleKill traz mais de 1300 combinações para a preparação dos chás. O preparo da bebida, que é feita a partir da escolha do cliente, é separada em duas etapas:  a primeira escolhendo a base para a bebida,  chás verde, preto e de hibisco, água, leite e leite fermentado entram como base. A segunda etapa se dá na seleção da frutose e das famosas bolinhas que explodem na boca, feitas de suco e envoltas por ágar-ágar, uma gelatina de origem vegetal.