O espetáculo estreia dia 30 de agosto, no Teatro Paulo Moura. Foto divulgação

 O Grupo Lígia Aydar realiza, na terça-feira (28), a partir das horas, no Deck da Figueira do shopping Iguatemi, um show de vozes especial para marcar o lançamento de seu novo espetáculo musical: O Rei Leão. A peça é uma releitura da produção que está em cartaz na Broadway (EUA) há mais de duas décadas.

 A estreia de Rei Leão em palco rio-pretense será nos dias 30 e 31 de agosto, no Teatro Paulo Moura. Com direção geral de Bhá Prince, direção musical de Mayara Martinelli e coreografias de Marcos Henrique, o musical apresenta as aventuras do leão chamado Simba e de seus amigos, Timão e Pumba. Uma das novidades é a cenografia, assinada por Roni Vieira.

Com 24 integrantes em seu elenco, o musical conta com Ana Laura Arantes, Daniel Oliveira, Gabrielle Jordão, Lucas Felipe, Malu Oliveira, Marcos Henrique, Mayara Martinelli, Milena Sousa, Samara Menegildo, Sara Neves e Victor Castro, compondo o elenco principal. No ensemble estão Aislan Moraes, Bianca Rosa, Esdras Guirau, Felipe Pomaro, Gabriel Lisboa, Isabelle Prato, Larissa Milian, Larissa Wehbi, Leticia Mariana, Marcos Neviani, Maykon Muriel, Nicole Jordão e Paola Vilela.

O espetáculo estreou em julho, com oito apresentações em três capitais nordestinas: Fortaleza/CE, Teresinha/PI e Aracaju/SE. O Rei Leão é a quarta montagem do repertório do Grupo Lígia Aydar, que também já encenou Cats, O Mágico de Oz e O Pequeno Príncipe.

De acordo com Lígia Aydar, diretora do Grupo, a temporada no Nordeste foi uma conquista coletiva e os preparativos para a esteia “em casa” estão a topo vapor. “Esta série de apresentações nas três capitais nordestinas foi algo inédito para todos e uma grande experiência. Agora, estamos nos preparando para a estreia em Rio Preto, ensaiando todos os dias. Na Noite de Gala no Iguatemi, nosso elenco vai mostrar parte do repertório do espetáculo”, destaca a artista.

A noite no Deck do Iguatemi é aberta ao público. A peça O Rei Leão tem ingressos a R$60, que estão sendo vendidos na Escola Lígia Aydar.