Edinho e representantes do Dnit visitaram o trecho em obras. Foto SMCS

O governo federal investe para garantir a popularidade neste ano eleitoral. O Secretário Executivo Substituto do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Carlos Antônio Rocha de Barros esteve em São José do Rio Preto, na manhã desta sexta-feira (16). Ele anunciou quemais R$ 35 milhões serão remanejados dentro do Orçamento da União para garantir o andamento das obras de duplicação da BR-153, no trecho urbano de Rio Preto. Barros foi recebido pelo  prefeito Edinho Araújo (MDB) e pelo superintendente do DNIT/SP, Roberto Ravagnani. Durante a reunião, realizada no gabinete do prefeito, Ravagnani apresentou um balanço do andamento das obras.

 Rocha de Barros visitou toda a extensão da obra em companhia do prefeito e do superintendente e informou que tudo está seguindo o cronograma previsto.

Ravagnani adiantou que a prioridade do Dnit é concluir as 14 obras de arte (13 viadutos e uma ponte) e os 17,8 quilômetros de faixas centrais até o fim deste ano. “Nossa intenção é concluir o tronco principal até o fim do ano e, no primeiro semestre do ano que vem entregar as obras em marginais e acessos secundários”, disse.

O valor total previsto para a obra é R$ 186 milhões, sendo que R$ 75 milhões já foram destinados para as intervenções. Também serão repassados, até o fim do ano, os R$ 35 milhões do remanejamento da União. O prefeito Edinho Araújo comentou a importância da obra para aliviar o tráfego no trecho urbano. “Essa é uma obra irreversível que vai acrescentar muito em segurança à população e valorizar a nossa cidade”, disse.

O trecho que está sendo duplicado é conhecido como rodovia da morte, pelo alto índice de acidentes com morte que sempre registrou. A duplicação é uma demanda da cidade há mais de 20 anos.