As vaquinhas Jersey têm pequeno porte e chegam a produzir até 22 litros de leite por dia.

Nova seção do blog: Em Rio Preto tem. Vou começar escrevendo sobre minhas andanças por aí em busca de matérias de gastronomia para a página Comer Beber e Afins, que escrevo para o jornal Dhoje. Um assunto que me deu o maior gosto em produzir foi sobre os queijos de leite de gado Jersey.  A estância Pirajá, onde são criadas as vaquinhas Jersey (que são pequenas e muito dóceis), fica pertinho da cidade, no bairro Vila Azul, que mistura o ar bucólico da zona rural com a proximidade da região urbana.

Os animais vivem em um pequeno pasto de menos de 3 alqueires e são inseminados artificialmente. O dono, Julio Cesar Machado de Campos, cuida de tudo pessoalmente. Ele vacina, ordenha, e conduz os animais diariamente. Sua rotina começa às 5h30 e não tem hora para terminar. “É um negócio rentável, mas dá muito trabalho”, avisa. Mas, ele faz por gosto.

E o gosto resulta em queijos fresquinhos e muito saborosos. Lá, na Pirajá, experimentei o queijo Brie. Quando voltei para casa, trouxe um exemplar de cada: brie, meia cura e o frescal. Todos perfeitos. O diferencial dos produtos feitos com leite Jersey é a consistência do leite, que tem mais proteína, lactose, vitaminas e minerais. São 13% à mais que nas outras raças, segundo o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

A produção na estância é de 60 queijos tipo frescal por dia. “Vendemos tudo. O pessoal vem buscar, mas temos pontos de venda no centro de Rio Preto”. Um desses pontos é uma farmácia na Redentora. Quem quiser comprar o leite puro de Jersey, o litro é vendido por R$3,50.

Os queijos produzidos na Pirajá são dos tipos frescal, brie, parmesão, canastra e o meia cura. Tem também o cauim, que o produtor batizou de manguaça, porque é curado na cerveja e cai bem como petisco. O preço dos queijos varia de R$10 a R$15. A Estância Pirajá fica na rua Pau Brasil, 251, na Vila Azul. A criação de Jersey de Julio Campos é única na cidade. A outra fazenda produtora fica na região de Monte Aprazível.