A cidade, de 15 mil habitantes, tem 91 anos.

A pequena Potirendaba, com seus 15 mil habitantes e 91 anos de fundação, localizada na região de S.J. Rio Preto, já tem sua história registrada em livro. O livro “A História de Potirendaba” será lançado dia 21 de julho, no Clube Icaraí. O idealizador da obra é o empresário José Luiz Franzotti que quis homenagear a cidade, seus antepassados e moradores. “A gente queria não só contar como o município se desenvolveu e como foram chegando as empresas e as obras de urbanização. O objetivo é mostrar a alma do nosso povo, a tradição das famílias, as conquistas das gerações, nossa memória e nossa cultura”, descreve Franzotti.

O diretor da Editora Serifa, Deodoro Moreira, foi o responsável pela obra. Ele convocou o jornalista Raul Marques para as entrevistas e redação dos textos. A capa teve criação dos publicitários Solange Massuia e Ailton Marques e a diagramação da DLM Propaganda.

Dezenas de moradores foram ouvidos e a contribuição de Francisco Riva, que tem um vasto arquivo de informações sobre a cidade, foi uma das mais importantes.

O livro traz fatos históricos desde a povoação, a partir de 1820, com a chegada do desbravador Manoel Ponciano Leite, seguido de João Antônio Siqueira. A divisão das terras entre os herdeiros de Siqueira deu origem à uma vila, então chamada Três Córregos, sendo o embrião da futura cidade que, apenas em 1919, viria a chamar-se “Potyrendaba”, assim mesmo, ainda com a letra “y”.

A partir deste início longínquo, a história passa a ser separada por décadas, começando em 1910 indo até a década de 2010,  destacando fatos, personagens, conquistas e desenvolvimento econômico no comércio e indústria e urbanização.

O lançamento do livro  no clube Icaraí será no dia 21 de julho, às 19 horas, para imprensa e convidados. O clube fica no Largo Bom Jesus, 923, em Potirendaba/SP.