Thaís Machado com Luan Santana, em foto do ano passado.
Thaís Machado com Luan Santana, em foto do ano passado.

O cantor Luan Santana, que estava no ar agora a pouco no programa Família, da Rede Globo, levou um susto, na noite deste sábado (22), no Catanduva Rodeo Festival 2017. O palco no qual ele ia se apresentar desabou. Seis pessoas ficaram feridas com escoriações leves. O cantor estava no backstage no momento do acidente e nada sofreu. A jornalista riopretense Thaís Machado, que participava do evento, contou nas redes sociais que foi um grande susto. Mas que Luan Santana permaneceu no local e se apresentou, mesmo após o acidente.  Thaís desabafou sobre o episódio em seu perfil no Instagram.

Veja a íntegra do depoimento da jornalista

“Me lembro de ouvir um barulho como uma explosão e depois sentir perder o chão. Depois disso, a gritaria. Atrás do palco havia muita gente da produção, fãs que assistiriam a apresentação das coxias, patrocinadores, convidados e imprensa. Os seguranças gritavam para que corrêssemos para fora. E assim fizemos. Luan também foi retirado às pressas do camarim e levado para uma van. Vi muitas meninas sendo carregadas no colo, feridas. O Eudi Russo, cinegrafista que me acompanhava, fazia imagens da queima de fogos no momento. Me ligou desesperado perguntando se estava tudo bem. 
Eu não sei dizer ao certo o que aconteceu. Ouvi que muita gente tinha se posicionado em frente à extensão do palco. Que algumas pessoas puxavam a estrutura tentando subir. Também ouvi que a forte chuva de sexta-feira pode ter comprometido a construção. Ainda não recebi nenhuma informação oficial. Mas o que quero destacar é o posicionamento do artista. Ele não foi embora. Não se apavorou e não se negou a cantar. Para evitar transtornos com a multidão e, principalmente, por respeitar quem estava ali por ele, fez o show em espaço reduzido e formato acústico. Ninguém se torna um dos maiores artistas do país à toa. Luan é especial”. 

Destaque

O assunto virou destaque na mídia nacional. Confira a notícia publicada no site da revista Veja, aqui.